Imprensa

11-Mar-2020 11:34
Impasse

Assembleia na YKK esclarece negociação do calendário de folgas 2020

Reuniões para definir os dias-pontes para este ano começaram em novembro de 2019 com a empresa; Sindicato se mantém aberto ao diálogo e busca sempre o melhor para os trabalhadores e trabalhadoras

2020, imprensa, Foguinho/Imprensa SMetal
Saldanha, dirigente do SMetal, afirma que o Sindicato está aberto ao diálogo Foguinho/Imprensa SMetal
O Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) realizou assembleias com os trabalhadores da YKK, nesta terça-feira, 10, para explicar o andamento da negociação do calendário de folgas 2020.

O dirigente sindical Francisco Lucrécio Junior Saldanha afirmou que, desde novembro de 2019, o sindicato tem buscado dialogar com a empresa. “Como sempre acontece, tivemos diversas reuniões. A empresa fez uma proposta e nós fizemos uma contraproposta, mas a YKK não aceitou”.

Para Saldanha, a maneira que o caso vem sendo conduzido pela YKK não é correto. “A empresa está colocando o que ela quer e isso não é negociar. Estamos sempre abertos ao diálogo porque nossa função é representar e fazer o melhor acordo de dias de folgas para os trabalhadores”.

Ele completou que, a qualquer momento, o Sindicato está disposto a continuar as conversas para se chegar a um acordo que beneficie os trabalhadores. “Assim que elas nos chamar, sentamos para finalizar essa situação”, afirma Saldanha.

O secretário de organização do SMetal, Izídio de Brito, também participou da assembleia e alertou os trabalhadores sobre os perigos das políticas que o governo Bolsonaro quer implantar. “Tudo que o governo vem fazendo, como a Carteira Verde e Amarela, é com o intuito de beneficiar o patrão. Se depender dos empresários, eles querem pagar menos, tirar os benefícios e direitos. E o Sindicato está lutando contra isso, do lado do trabalhador sempre”.

A YKK tem aproximadamente 350 trabalhadores, fica na zona industrial de Sorocaba e fabrica zíper.

Imprensa SMetal
Deixe seu Recado