Imprensa

27-Jul-2016 02:39 - Atualizado em 27/07/2016 04:13
Opinião

Crise em Sorocaba é por má gestão

O Prefeito e a base aliada gostam de acusar o Governo Federal pelos problemas da cidade. Alegam que a presidente Dilma não enviou verba o suficiente. Fazem isso para não assumir a gestão desastrosa de Pannunzio, que cuida muito mal do dinheiro público e deixa o município a beira do caos.

Para se ter uma ideia, dos mais de R$ 540 milhões aplicados ano passado na saúde, cerca de R$ 130 milhões vieram do Governo Dilma e apenas 1,62% do Governo Alckmin (R$ 7,9 milhões), que é do mesmo partido do prefeito. E, por falta de Verbas estaduais, a prefeitura suspendeu os procedimentos de alta complexidade em 2015.

Sorocaba recebeu em 2015 R$ 247 milhões do governo Dilma, aplicados em saúde, educação, assistência social e outras áreas. Diferente do que acontece agora com o governo golpista de Temer, no qual se corta investimentos.

A culpa não é da Dilma. A culpa é do Governo Alckmin que não enviou recursos para o Samu, oncologia e CHS, entre outras especialidades que são de sua responsabilidade. A culpa é da má gestão mesmo. A culpa é do governo que coloca 30% do orçamento bilionário na saúde e, ainda assim, apresenta serviços lamentáveis.

A culpa é do governo que consome milhões em contratos ineficientes, como o da merenda escolar e da coleta de lixo. A culpa da situação vergonhosa da nossa cidade só tem um responsável: o prefeito tucano.

Deixe seu Recado