Imprensa

03-Mar-2017 15:18
Orçamento 2017

Emendas que destinam verba para o Hospital Municipal passam a valer

10.outubro, 2016, imprensa,
10.OUTUBRO
Três emendas de minha autoria estão valendo no Orçamento 2017. Essas emendas foram apresentadas e aprovadas pela Câmara no ano passado, quando cumpria mandato como vereador.

O ex-prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) tinha vetado minhas propostas, mas os vereadores derrubaram esse veto no último dia 14. Os artigos foram publicados hoje, dia 3.

Assim, constam agora no orçamento duas emendas que destinam R$ 1 milhão para construção do Hospital Público Municipal, uma batalha que travamos nos dois mandatos que exerci como vereador.

Além disso, também há uma emenda de R$ 95 para manutenção, ampliação e otimização da quadra do bairro São Conrado.

Importante destacar que, tanto eu quanto meus companheiros do Sindicato dos Metalúrgicos, estamos acompanhando essa questão e continuamos cobrando do prefeito José Caldini Crespo (DEM) por soluções na área da saúde.

 

Relembrem um pouco da trajetória em prol do Hospital Municipal de Sorocaba

  • A necessidade de um hospital municipal foi questionada pela primeira vez pelo vereador Izídio de Brito (PT) em maio de 2011, através de requerimento. Em seguida, em junho do mesmo ano, a proposta também foi aprovada na Conferência Municipal de Saúde.
  • Com a recusa do então prefeito Vitor Lippi (PSDB) ao projeto, o Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) organizou uma campanha em prol do hospital, que contou com o apoio de dezenas de entidades, sindicatos e associações, responsáveis pela coleta das mais de 26 mil assinaturas.
  •  Após a apresentação da proposta, o Hospital Municipal foi incluído no Orçamento 2013, através da emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias, apresentada pelo vereador Izídio e aprovada em plenário.
  • O projeto foi vetado por Pannunzio. Os vereadores derrubaram o veto, mas a Prefeitura ingressou na Justiça com Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), acatada em seu favor.
  • Durante a campanha eleitoral, em 2012, Pannunzio prometeu a construção do hospital na Zona Norte para meados de 2016, mas área comprada por cerca de R$ 15 milhões ficou abandonada e hoje abriga alguns serviços de saúde, sem, no entanto, ser concretizada a construção do Hospital Municipal de Sorocaba
Izídio de Brito
Deixe seu Recado