Izídio Izídio

Imprensa

03-Mai-2018 11:45 - Atualizado em 03/05/2018 12:30
GERAÇÃO DE EMPREGOS

Toyota oficializa criação do terceiro turno em Sorocaba e Porto Feliz

, Foguinho/Imprensa SMetal
Representantes da Toyota estiveram por voltas das 13h30 na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, para solenidade de anúncio do 3º turno junto à diretoria da entidadeFoguinho/Imprensa SMetal
A montadora Toyota anunciou oficialmente, na tarde desta quarta-feira, dia 2, a criação de terceiro turno nas plantas de Sorocaba e Porto Feliz. De acordo com vice-presidente coorporativo da Toyota no Brasil, Percival Maiante, os novo turnos, que iniciarão a produção em novembro deste ano, vão gerar 740 empregos diretos em Sorocaba, 130 em Porto Feliz e aproximadamente 700 novas contratações nas sistemistas. 

Antes do anúncio oficial, que aconteceu na Prefeitura de Sorocaba, Percival e os demais representantes da Toyota estiveram na sede do Sindicato dos Metalúrgicos para solenidade de criação do terceiro turno, com as presenças do presidente da entidade, Leandro Soares, e outros dirigentes do SMetal.

“Trazemos aqui a mensagem do nosso presidente, Rafael Chang, de respeito ao Sindicato e agradecimento ao apoio na realização de mais um sonho, que é o aumento de volume de produção e contrações na região”, afirmou Percival.

Ele afirmou ainda que, com as novas contratações, a Toyota terá um aumento de 37% no total de trabalhadores na planta de Sorocaba e 30% em Porto Feliz. Em Sorocaba, além 740 novos postos de trabalho, 320 funcionários que estavam trabalhando sob regime de contrato por prazo determinado foram efetivados.

As contratações vão viabilizar a produção do novo modelo Toyota, o Yaris, na planta da montadora em Sorocaba.

A solenidade formal de anúncio do terceiro turno aconteceu, simultaneamente, nos âmbitos municipal, estadual e nacional.

Direitos garantidos

De acordo com o presidente do SMetal, Leandro Soares, as negociações com a Toyota para a criação do novo turno ocorreram durante meses e o acordo foi aprovado em assembleia com os trabalhadores em fevereiro deste ano.

“Todo o processo de negociação entre o SMetal a Toyota foi focado no compromisso com a indústria de Sorocaba e região, visando a manutenção dos direitos trabalhistas e criação de postos de trabalho com qualidade”, afirmou Leandro durante a solenidade.

E completou: “Mais do que nunca reforçamos aqui o nosso comprometimento e nossa luta enquanto entidade sindical, o de crescimento de um pais por meio da indústria”.

Izidio de Brito, secretário de organização do SMetal, parabenizou a construção do acordo de criação do terceiro turno junto ao Sindicato e destacou a oportunidade para desenvolver e potencializar outros setores, como da qualificação profissional.

Também participaram da solenidade no SMetal os membros do Comitê Sindical da Toyota (CSE), Carlos Alberto Rodrigues da Silva e Igor Henrique de Paula, e o diretor executivo do SMetal, Francisco Lucrécio Junior Saldanha.

Currículos

A Toyota aceita currículos de candidatos às vagas apenas pela página da empresa na internet. Acesse aqui.

 

Toyota de Sorocaba é a maior produtora de veículos da América Latina

,
De acordo com vice-presidente da Toyota, haverá aumento de 37% nos postos de trabalho na fábrica de Sorocaba e de 30% na planta de Porto Feliz
A planta de Sorocaba da montadora Toyota já contratou 200 trabalhadores dos 740 anunciados para a criação do terceiro turno. Em entrevista ao SMetal, o vice-presidente da Toyota no Brasil, Percival Maiante, explica que esses contratados estão em treinamento para assumir os postos de trabalho de funcionários mais antigos que assumiram novos cargos, de liderança. 

Entre julho e agosto deve começar nova etapa de contratações. “Temos uma política dentro da fábrica na qual os funcionários podem indicar amigos e familiares”. No mais, os currículos devem ser enviados somente pelo site www.toyota.com.br

Devido à produção do modelo Yaris, o volume de produção, que até 2017 era de 106 mil carros, passa a ser 160 mil. Com isso, a Toyota de Sorocaba é a maior planta da montadora na América Latina. Em segundo lugar é a Argentina, com a fabricação de 140 mil modelos Hilux por ano.

No total, haverá aumento de 37% nos postos de trabalho na fábrica de Sorocaba e de 30% na planta de Porto Feliz, que produzirá motores do Corolla e Yaris, além do Etios. Serão 2719 trabalhadores e 564, respectivamente.

Questionado sobre a situação do setor automotivo, Percival afirma que pela Anfavea a estimativa é que se tenha uma pequena recuperação, totalizando 2.5 milhões de veículos produzidos no Brasil. “A participação da Toyota é de 8.7%. Pretendemos ampliar nosso volume”.

“Nosso objetivo é aumentar a capacidade das linhas de produção para que em dois anos possamos efetivar essas novas contratações nos primeiro e segundo turnos”, ressalta Percival.

A meta, de acordo com o vice-presidente, é chegar à produção de 200 mil veículos em Sorocaba nesta primeira fase de crescimento.

“Não somos imunes à crise, mas trabalhamos com projetos de médio e longo prazos”, ressalta Percival que agradeceu, em solenidade no SMetal e também na prefeitura, aos dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) pela construção do terceiro turno.

No total, são 11 fábricas sistemistas que fornecem peças e partes dos veículos para a montadora em Sorocaba. A cada um emprego na montadora, são sete nas sistemistas.

Anúncio oficial

Em anúncio oficial na prefeitura, na tarde desta quarta-feira, 2, o vice-presidente da Toyota esteve com outros diretores da montadora no sexto andar para ser recebido pelo prefeito Antonio Caldini Crespo, secretários municipais, representante do legislativo, pelo presidente do SMetal, Leandro Soares, pelo secretário de organização do sindicato, Izídio de Brito e o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Itu e região, Dorival Nascimento.

Imprensa SMetal
Deixe seu Recado